ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

PR receberá 57 médicos cubanos até segunda-feira...

Sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Visualizada 210 vezes


Lista dos municípios onde os profissionais autuarão só deve ser divulgada sexta-feira. Municípios prioritários não foram comunicados

 

O Paraná receberá 57 médicos cubanos na segunda etapa do programa Mais Médicos. Desses, nove ficarão em Curitiba, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. O destino dos outros 48 cubanos que virão para o estado deve ser conhecido hoje. O Ministério da Saúde informou ontem que só divulgará oficialmente a lista dos estados que receberão cubanos e em quais municípios eles vão atuar amanhã, último dia da semana de acolhimento dos médicos cubanos e intercambistas que atuarão no Brasil.

 

Segundo informações repassadas pelo tutor do Mais Médicos no Paraná, o professor da UFPR Edevar Daniel, os profissionais estrangeiros começam a chegar ao estado entre amanhã e segunda-feira em aviões da Força Aérea Brasileira. A expectativa é que na terça-feira todos já estejam se encaminhando aos municípios para os quais foram designados e logo comecem a atuar. Como agora é o Ministério da Saúde quem está concedendo o registro dos médicos estrangeiros - que passou a ser chamado de registro único -, a tendência é que eles cheguem já com a documentação pronta.

 

De acordo com Daniel, 77 profissionais formados no exterior - incluindo os 57 cubanos - devem atuar no Paraná nessa segunda etapa do programa. Na primeira etapa do Mais Médicos, o Paraná recebeu 30 médicos intercambistas. Nenhum cubano foi encaminhado para o estado. Nessa fase, o Rio Grande do Sul foi o único estado da região Sul a receber profissionais de Cuba.

 

Sem informação

 

Ontem, os cinco municípios do estado que estavam entre os prioritários para receber médicos cubanos ao fim da primeira etapa do programa ainda não tinham informação se seriam contemplados. Lapa, Itambé, Jataizinho, Mandirituba e Tunas do Paraná entraram na lista de prioridade devido aos seus baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e por não terem sido selecionados por nenhum profissional que se inscreveu no programa.

 

A secretaria de Saúde da Lapa, Lígia Cardieri, informou ontem que o municípios está aguardando dois médicos, mas ainda não sabe qual a nacionalidade dos profissionais. A prefeitura de Tunas do Paraná também informou que aguarda o recebimento de um médico, mas ainda não foi informada em que país ele se formou.

 

Fonte: Gazeta-Maringá

 Outras Notícias

Rua Marcelino Alves de Alcântara, 133 - Cep: 86650-000 - Santo Inácio - Paraná - (44) 3352-1222 prefeitura@santoinacio.pr.gov.br