ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Sudeste do país soma 38 mortos pela chuva...

Quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Visualizada 144 vezes


Inundações e deslizamentos já causaram a morte de 21 pessoas no Espírito Santo e 17 em Minas Gerais. Município de Itaguaçu soma oito óbitos

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo e Minas Gerais continuam a fazer vítimas. Segundo a Defesa Civil capixaba, o número de mortes em decorrência de alagamentos e deslizamentos de terra subiu para 21. Em Minas já foram registrados 17 óbitos – ontem foi encontrado o corpo de um menino de 7 anos que estava desaparecido desde o dia 17 na cidade de Sardoá.

No Espírito Santo, as mortes ocorreram em Itaguaçu (oito), Colatina (seis), Baixo Guandu (quatro), Barra de São Francisco (uma), Domingos Martins (uma), e Nova Ve­nécia (uma). Também subiu para 50 o número de municípios altamente afetados pelas tempestades no estado.

 

Aos poucos, pessoas que estavam desalojadas começam a retornar para suas casas. De acordo com a Defesa Civil capixaba, o isolamento de algumas áreas, sem energia elétrica, acesso a água e comunicação, dificulta a contabilização dos feridos. Pelo menos 48.601 pessoas permanecem desalojadas, e, dessas, 4.565 estão em abrigos públicos, e o restante em casas de parentes ou amigos. “Estamos na fase do socorro. Na Região Norte [do estado capixaba], só conseguimos chegar com aeronaves”, disse Carlos Marcelo D’Isep Costa, coordenador de Defesa Civil do Espírito Santo.

 

Sete helicópteros, dez caminhões do Exército e outros dois da Marinha, além de cerca de 600 homens do Corpo de Bombeiros e da Força Nacional, atuam no socorro às vítimas e na remoção dos corpos. Segundo Costa, cidades como Colatina e Baixo Guandu, por onde passa o Rio Doce – cujo volume de água chegou a dez metros acima do nível normal –, e Itaguaçu são os locais mais precários.

 

Em Itaguaçu, no Noroeste do estado, moradores pegaram comida suja de lama que foi jogada no lixo por um supermercado do bairro. Segundo eles, faltam água potável e alimentos. “Pequei trigo e sabão em pó. Está muito sujo, mas vou chegar em casa e lavar, ver o que fazer. Está faltando comida na minha casa”, disse a aposentada Raimunda dos Santos à TV Gazeta.

 

Curitiba

 

Uma equipe da Secretaria de Saúde de Curitiba que integra a Força Nacional do SUS seguiu ontem ao Espírito Santo para auxiliar no resgate às vítimas das enchentes a pedido do Ministério da Saúde. Esta é a segunda vez que a capital paranaense envia profissionais para ajudar em situações de emergência nacional. Em janeiro, o mesmo grupo deu suporte no atendimento às vítimas do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria (RS). A equipe destacada para Vitória (ES) é formada por uma médica, uma enfermeira e uma técnica de enfermagem, todas profissionais que atuam no Samu Curitiba.

 

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Rua Marcelino Alves de Alcântara, 133 - Cep: 86650-000 - Santo Inácio - Paraná - (44) 3352-1222 prefeitura@santoinacio.pr.gov.br