ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Furo”da energia pressionará ainda mais a inflação...

Quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Visualizada 144 vezes


Se o governo reajustar a conta de luz para cobrir o déficit de um fundo do setor elétrico, o IPCA deste ano ficará até 0,13 ponto mais alto

O impacto de um possível reajuste médio de 4,6% nas tarifas de energia elétrica neste ano aproximaria ainda mais a inflação oficial do teto do regime de metas, de 6,5%. Caso o repasse chegue ao consumidor, o IPCA de 2014 seria 0,12 ou 0,13 ponto porcentual mais elevado, de acordo com estimativas de analistas de 

três empresas – Besi Brasil, Votorantim Corretora e Tendências Consultoria.

Esse aumento teria como objetivo cobrir um déficit de R$ 5,6 bilhões na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um fundo que, entre vários pagamentos, está sendo usado para bancar a redução das contas de luz do início de 2013 – parte do dinheiro vai para a indenização das empresas que renovaram antecipadamente suas concessões em troca de tarifas mais baixas.

Com um eventual aumento de 4,6% na energia, a expectativa dos analistas é de que o item energia elétrica dentro do IPCA atinja uma alta de até 7,50%. Este item tem peso de 2,7% no índice oficial de inflação. Um aumento de 7,50% está alinhado à previsão do Banco Central, conforme a última ata do Comitê de Política Monetária (Copom).

Na conta do Tesouro

Os economistas consultados ponderam que a transferência, se acontecer, pode não ser integral ou até mesmo nem atingir o bolso do consumidor. A expectativa é de que o Tesouro Nacional possa dar ajuda extra às distribuidoras de energia, além dos R$ 9 bilhões previstos no Orçamento para a CDE.

Mas, ainda que o repasse das despesas das distribuidoras não chegue ao consumidor, os especialistas alertam que a ausência de chuvas no país pode elevar ainda mais os custos do setor energético. E, cedo ou tarde, esse gasto adicional pode ser embutido nas tarifas.

Apagão no espírito santo

Uma explosão em uma subestação de Furnas deixou grande parte do Espírito Santo às escuras na noite de terça-feira. O apagão, que durou cerca de uma hora, é o segundo em uma semana no estado.

 


 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Rua Marcelino Alves de Alcântara, 133 - Cep: 86650-000 - Santo Inácio - Paraná - (44) 3352-1222 prefeitura@santoinacio.pr.gov.br