Covid-19

COVID-19

Dengue

PORTAL DA
DENGUE

X

Jefferson passeia de moto e diz que vive "momentos finais de sua liberdade"...

Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Última Modificação: 09/06/2020 16:50:56 | Visualizada 223 vezes


Ouvir matéria

STF expediu mandado de prisão para o ex-deputado na sexta-feira. PF diz que a determinação só deve chegar na segunda

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do mensalão, passou a manhã de hoje passeando em sua moto Harley-Davidson, na cidade de Levy Gasparian, no interior do Rio.

Ele saiu às 8h de casa e quando voltou, por volta das 11h30, disse à imprensa que "está apenas curtindo os últimos momentos de sua liberdade".

"Estou desfrutando os momentos finais da minha liberdade. Quanto a vocês curtam a liberdade porque ela é o bem supremo da vida da gente" disse.

O STF (Supremo Tribunal Federal) expediu o mandado de prisão contra Jefferson na noite de anteontem. A Polícia Federal, no entanto, informou que a determinação só deve chegar à superintendência em Brasília amanhã.

No final da manhã de hoje, Jefferson foi recebido na porta de casa pelo comerciante Afonso Celso Dominguito de Castro, 55, que também estava numa Harley-Davidson, e disse que viajou duas horas --de Cataguases (MG) para Levy Gasparian-- para encontrar o ex-deputado.
"Meus parabéns pela sua atitude. Quem ganhou foi o Brasil", disse Castro, destacando que apresentaria seu CPF "de cara limpa para doar R$ 100 para o ex-deputado pagar a multa de R$720 mil". "Eu dou a cara pra eles, não estou me escondendo como eles", disse em referência as doações secretas. 
"Diferente dos petralhas."

O comerciante disse que conhece apenas a vida pública de Jefferson. Sorridente, o ex-deputado convidou Castro para entrar em sua casa. "Um gesto espontâneo. Gente boa", respondeu Jefferson.

 

 

 


 Veja Também