ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Sanepar anuncia oferta de ações...

Terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Visualizada 191 vezes


Embora a operação abra espaço para o aumento da participação do setor privado na empresa, governo garante que continuará no controle

Sanepar informou na noite desta segunda-feira (24) que vai fazer uma oferta pública primária e secundária de ações preferenciais. Isso significa que ela vai emitir novas ações e que um ou mais sócios – o governo estadual entre eles – está disposto a vender parte de seus papéis. O procedimento abre espaço para o aumento da participação do setor privado na empresa, mas, segundo o fato relevante, “o governo do estado do Paraná continuará a deter o controle acionário da companhia”. A Assembleia Legislativa autorizou a operação em 11 de setembro do ano passado.

A Sanepar não informou o cronograma da oferta nem a quantidade de papéis que serão emitidos. Por meio de sua assessoria de imprensa, limitou-se a informar que vai publicar uma nota sobre o assunto nesta terça-feira (25). O Banco BTG Pactual será o coordenador líder da emissão, ao lado do JPMorgan, Banco Bradesco BBI e Credit Suisse.

A oferta, segundo o comunicado, será feita “junto a investidores institucionais e não institucionais, incluindo esforços de colocação no exterior”. O preço por ação será definido após “o procedimento de coleta de intenções de investimento”.

Em uma oferta primária, a companhia emite novas ações, e os recursos captados são revertidos à própria empresa. Na secundária, o que ocorre é a venda de ações já existentes, de sócios que pretendem sair do negócio ou reduzir sua participação. Nesse caso, os recursos levantados ficam com os vendedores. Se o governo se desfizer de parte de sua fatia, por exemplo, o dinheiro vai para o caixa estadual.

Segundo informações da agência Reuters, os recursos levantados na emissão primária serão destinados a projetos para reduzir o nível de perdas do sistema de água, além de melhorias operacionais. Outra fatia será destinada a projetos para acelerar a expansão da cobertura de esgoto e também em capital de giro.

Estrutura

As ações preferenciais (PNs) – que hoje formam pouco mais de 39% de todo o capital da Sanepar – não dão direito a voto na empresa. Hoje o governo é dono de 56,8% das PNs. A Dominó Holdings, controlada pela também estatal Copel, tem 15,4%. Prefeituras municipais são donas de 1,3%, e os 26,6% restantes pertencem a outros acionistas.

As ações ordinárias (ONs), que dão direito a voto, constituem pouco menos de 61% do capital da companhia de saneamento. O governo detém 60% desses papéis e a Dominó, os 40% restantes.

Emissões

A Sanepar junta-se à Renova Energia, que na semana passada informou ao mercado sua pretensão de realizar uma oferta secundária de units estimada em R$ 1,15 bilhão.

Além disso, a Oi submeteu, também na semana passada, pedido de registro para oferta pública de ações ordinárias e preferenciais na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), operação que faz parte do processo de fusão com a Portugal Telecom. Por outro lado, companhias como Ouro Verde, Unidas e Votorantim Cimentos já interromperam suas emissões este ano, devido às condições de mercado.

 

 

 


 Outras Notícias

Rua Marcelino Alves de Alcântara, 133 - Cep: 86650-000 - Santo Inácio - Paraná - (44) 3352-1222 prefeitura@santoinacio.pr.gov.br