Covid-19

COVID-19

Dengue

PORTAL DA
DENGUE

X

Declara??o do IR por tablet e celular tem falha...

Sexta-feira, 07 de março de 2014

Última Modificação: 09/06/2020 16:50:48 | Visualizada 241 vezes


Ouvir matéria

No primeiro dia do serviço, aplicativo funcionou parcialmente em equipamentos com Android e ficou indisponível em iPhones e iPads

Programado para funcionar a partir de ontem – primeiro dia do prazo para envio do IR 2014 –, o aplicativo que permite preencher e enviar declarações por meio de tablets e smartphones não funcionou completamente no sistema Android e ainda não havia sido liberado pela Apple, como programado. Com isso, não foi possível fazer a declaração por meio de iPhones ou iPads ontem.

Quem baixou o App Pes­soa Física teve dificuldades para usar o m-IRPF. No sistema iOS, da Apple, uma mensagem dizia que não era possível preencher e enviar a declaração com a versão do aplicativo instalada no equipamento, sendo necessário o usuário baixar uma mais atualizada. Não havia, no entanto, outra versão disponível na Apple Store. Até o fechamento desta edição, o problema não havia sido solucionado.

278 mil declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física 2014 (ano-base 2013) foram encaminhadas para a Receita Federal ontem, até as 17 horas. O prazo de envio, que começou nesta quinta-feira, termina no dia 30 de abril. São esperados 27 milhões de documentos. Apenas na primeira hora, mais de 90 mil contribuintes entregaram a declaração, segundo a Receita.

A Receita Federal informou que fez todo o processo para o aplicativo estar no ar, e que o atraso é responsabilidade da Apple. Também disse que não há previsão de quando será possível fazer a declaração nos dispositivos da Apple e recomendou que o contribuinte entre em contato com a empresa para verificar quando o programa estará disponível.

Já tablets e celulares que operam com o Android, do Google, apresentaram problemas em alguns campos de preenchimento, que, mais tarde, foram resolvidos.

Novidade

Apresentado como uma das novidades do Imposto de Renda 2014, o aplicativo permite o preenchimento e o envio de declarações do IR de 2013 e 2014 via tablets e smartphones com sistemas operacionais Android e iOS.

Uma das vantagens do m-IRPF em relação ao programa para computador é a utilização de apenas um aplicativo para preencher, salvar, recuperar ou transmitir a declaração, simplificando e agilizando o processo.

Contudo, nem todos os contribuintes poderão utilizar o aplicativo. Quem teve rendimento superior a R$ 10 milhões em 2013 ou fez doações aos Fundos da Criança e do Adolescente no ano-calendário e no exercício está impossibilitado de usar a ferramenta para declarar o IR.

 

 


 Galeria de Fotos

 Veja Também